Lagoa Vermelha

Autor: Davino Valdir Rodrigues Nepomuceno

Pesquisador - Maio 2006

Situa√ß√£o, √Ārea e Popula√ß√£o
Lagoa Vermelha fica situada nos Campos de Cima da Serra, nordeste do Estado do Rio Grande do Sul. Possui atualmente 1.313,75 km2; conta, em 2006, com aproximadamente 30 mil habitantes e mais de 20 mil eleitores.

Formação do Município

A funda√ß√£o da Col√īnia do Sant√≠ssimo Sacramento, ao lado do Rio da Prata, pr√≥xima a Buenos Aires, em 1680, contribuiu em muito para o surgimento do Rio Grande do Sul, com os atuais contornos e, posteriormente, no nordeste do Estado, Lagoa Vermelha e munic√≠pios dos Campos de Cima da Serra. Em 1750, pelo tratado de Madri, Portugal e Espanha aceitam o princ√≠pio do Uti Possidetis, (posse √ļtil). Cada pa√≠s tinha direito sobre as terras ocupadas. A Col√īnia do Sant√≠ssimo Sacramento passa para Espanha e a regi√£o das Miss√Ķes para Portugal. Em 1807 √© criada a Capitania de S√£o Pedro de Rio Grande. Em 1809, o Rio Grande √© elevado a Capitania geral independente do Rio de Janeiro, possuindo quatro munic√≠pios: Santo Ant√īnio da Patrulha, Porto Alegre, Rio Grande e Rio Pardo. O tropeiro paulista Jo√£o de Barros, em 1819, abriu o caminho de Vacaria a Cruz Alta, passando pelos campos de Passo Fundo (estes pr√≥ximos a Lagoa Vermelha), seguindo pelo Mato Portugu√™s, Campo do Meio e Mato Castelhano, possibilitando, desta forma, a vinda dos primeiros povoadores √† regi√£o de Lagoa Vermelha, localidade esta fundada, oficialmente, pelo Capit√£o Jos√© Ferreira Bueno, natural de Curitiba, com a inaugura√ß√£o da Capela, S√£o Paulo da Lagoa Vermelha em 1845. Ap√≥s a abertura do caminho por Jo√£o de Barros, em 1819, o Marqu√™s do Alegrete, determinou a abertura de outra estrada, cabendo essa tarefa ao Conde de Palmas, que com sessenta homens, chefiados por Ant√īnio da Rocha Loures, abriu o caminho que, partindo de Palmas, no Paran√°, passava por Campos Novos, em Santa Catarina, atravessava o Passo do Pont√£o, entrando no Rio Grande do Sul, pelo atual munic√≠pio do Barrac√£o, antigo territ√≥rio de Lagoa Vermelha. O nome "Lagoa Vermelha" foi dado pelos tropeiros em virtude da exist√™ncia de uma Lagoa de cor avermelhada existente na localidade. Decorridas algumas d√©cadas da primeira divis√£o territorial, em 1857, o Rio Grande do Sul passou a ter 26 munic√≠pios e, em 1900, j√° contava com 64. Na primeira divis√£o em quatro munic√≠pios, os territ√≥rios de Lagoa Vermelha e Vacaria pertenciam a Santo Ant√īnio da Patrulha. Nos campos da Vacaria dos Pinhais, como era conhecida a regi√£o, que inclu√≠a Lagoa Vermelha, em 1702, teria ocorrido o in√≠cio da povoa√ß√£o, com a funda√ß√£o da cidade de Vacaria.





Povoadores

Concorreram para a povoa√ß√£o de Lagoa Vermelha, al√©m dos √≠ndios, os luso-brasileiros, oriundos da Prov√≠ncia de S√£o Paulo e de outras regi√Ķes, castelhanos e mais tarde, negros alem√£es, italianos e, em menor n√ļmero, ingleses franceses, poloneses, √°rabes e pertencentes a outras nacionalidades.

Emancipa√ß√Ķes

Em 1850, emancipa-se de Santo Ant√īnio da Patrulha o munic√≠pio de Vacaria e, em 16 de janeiro de 1857, a sede da Vila de Vacaria √© transferida para Lagoa Vermelha. Em 26 de novembro de 1857, Vacaria e Lagoa Vermelha, por diverg√™ncias pol√≠ticas, voltam a pertencer a Santo Ant√īnio da Patrulha. Em 12 de abril de 1876, foi criado o munic√≠pio de Lagoa Vermelha, abrangendo o de Vacaria. Em 1¬ļ de abril de 1878, criou-se definitivamente o munic√≠pio de Vacaria abrangendo Lagoa Vermelha. Finalmente, em 10 de maio de 1881, aconteceu √† emancipa√ß√£o definitiva de Lagoa Vermelha.

Desmembramentos

Lagoa Vermelha, territorialmente era um grande munic√≠pio. Atualmente, o antigo territ√≥rio lagoense, comp√Ķe-se de 30 munic√≠pios, mais as √°reas que foram cedidas para a forma√ß√£o de outras comunidades aut√īnomas.

Economia

A economia lagoense est√° baseada na agropecu√°ria, ind√ļstria de m√≥veis, agroind√ļstria e fruticultura. Desfruta de um razo√°vel com√©rcio e diversifica√ß√£o na presta√ß√£o de servi√ßos. A agricultura cresce continuamente tendo em vista que seus campos s√£o favor√°veis √† lavoura mecanizada, produzindo, notadamente: soja, milho, trigo, feij√£o, aveia, cevada, batatinha e outras culturas agr√≠colas. Na atualidade, ano de 2006, no per√≠metro urbano, observa-se acentuado progresso, notadamente na constru√ß√£o civil. Pr√©dios novos est√£o surgindo e assim, mudando a fisionomia da cidade.

Turismo e Educação

O Município possui um bom potencial turístico. Alguns produtos estão prontos e outros dependem de investimentos. Desfruta de uma ampla avenida central, bastante arborizada. Conta também com interessantes locais históricos, entre eles: a Lagoa que deu origem ao nome do município, a famosa "Biquinha" que teria sido benta por São João Maria. Realiza de dois em dois anos, o Rodeio Crioulo e a festa Nacional do Churrasco e da Comida Campeira.

Foram constru√≠das modernas instala√ß√Ķes para o Campus universit√°rio onde s√£o ministradas aulas aos alunos integrantes de oito cursos superiores, com possibilidade de amplia√ß√£o. No mesmo local, ou seja, √°rea do antigo Aeroporto Municipal - dever√£o ser constru√≠dos outros pr√©dios, entre eles - o da nova sede do F√≥rum da Comarca de Lagoa Vermelha e o do Minist√©rio P√ļblico, promotores de justi√ßa.

A rede estadual e municipal de escolas do ensino básico é expressiva. Funcionam escolas razoavelmente equipadas, beneficiando desde o ensino infantil até o ensino fundamental e médio. Apesar desses avanços a educação no Brasil ainda tem muito a progredir.

Assim, Lagoa Vermelha possui importante estrutura, clima semelhante ao europeu, apresentando, no inverno temperaturas abaixo de zero, e um verão agradável, sendo um ótimo lugar para se viver e investir.